8 motivos do porque escolhemos morar em Chiang Mai

Muita gente pergunta porque a gente escolheu morar em Chiang Mai por um tempo. Morávamos em Basingstoke, no interior da Inglaterra, depois de viver na Itália um tempo e ‘largamos tudo’ mais uma vez para vir pro outro lado do mundo, na Tailândia.

Eu, Flávia, vou escrever os meus motivos aqui. Talvez o André até tenha outros, mas com certeza ele tem vários em comum com esses, afinal, foi uma escolha que fizemos juntos. Mas depois, ele mesmo pode contar para vocês! 😉

1. Internet Boa!

Esse sempre foi um ponto crucial para nós em todo lugar que nós vamos, pois trabalhamos online e precisamos de uma internet estável e rápida. Subir vídeos no Youtube com uma internet ruim não é coisa de Deus, alguns de vcs já devem saber. Rs A estrutura de internet aqui em Chiang Mai é de dar inveja a qualquer cidade do Brasil e até de várias cidades da Itália também. Passamos 6 meses na terrinha do macarrão e sofremos muito para ter uma internet ‘meia boca’. Além de cara, a velocidade deixava muito a desejar. E olha que estávamos pertinho de Veneza…

 

2. Coworkings e Cafés 24 h

Além da internet boa, Chiang Mai tem vários coworkings e cafés que funcionam 24 horas. Como é uma cidade que tem muita universidade e. Consequentemente, muitos estudantes, os locais para trabalho e estudo estão espalhados por toda a cidade. Para quem já nos acompanha, já deve ter visto nos nossos vídeos no youtube alguma menção ao CAMP, coworking que mais frequentamos por aqui. O CAMP é um local 24 horas dentro do Maya Shopping e fica bem pertinho da nossa casa. Para usar a internet você pode comprar algo para comer ou beber e ganha uma senha ou ser cliente da AIS, que é o nosso caso, uma operadora de telefonia daqui.

Antes de chegarmos aqui já tínhamos pesquisado e no aeroporto mesmo já comprarmos nossos chips para poder frequentar o CAMP tranquilamente.  Além do CAMP tb tem vários outros, logo faremos um vídeo sobre os melhores cafés para trabalhar aqui, na nossa opinião, claro. 

Fotos do Camp:


3. Cidade de Nômades Digitais

Em Chiang Mai a gente conhece gente de todos os lugares do mundo e, portanto, tem muito networking. A cidade é a capital cultural da Tailândia e é extremamente criativa, com gente de todos os tipos. Artistas plásticos, cantores, artesãos, escritores, poetas, compartilham a cidade com a galera de tecnologia: desenvolvedores, marketeiros, empreendedores em uma cena muito forte de Startups. Para vocês terem uma ideia, tem uma empresa aqui que se chama Iglu que é como uma incubadora, tem várias pessoas e empresas trabalhando junto. A Iglu auxilia quem trabalha lá também com relação à papelada de vistos para ficar  por aqui por mais tempo. O custo de vida menor que o da Europa colabora para esse cenário, nosso próximo tópico.

4. Custo de vida menor que na Europa, EUA, Austrália 

O custo de vida com alimentação, aluguel e transporte aqui é muito baixo se comparado com esses países que citei aí em cima. Além dos valores serem muito bons para se viver, a cultura dos tailandeses é a de plena confiança, o que diminui, por exemplo, a burocracia para alugar um lugar para ficar. Quando chegamos, ficamos em um AirBnb por 5 dias que já tínhamos alugado antes e alugamos um apto no prédio bem em frente ao que estávamos. Conversamos com o pessoal na recepção do prédio, naquele inglês beeem arrastado, olhamos alguns apês que estavam disponíveis e pronto. Assinamos um contratinho, fizemos um depósito como garantia e eles não quiseram nem receber o aluguel adiantado. Pagamos alguns dias depois, no dia ‘certo’ do vencimento.

Aliás, aqui é muito comum aptos pequenos por causa da quantidade de estudantes, então a oferta é bem grande. Se vierem para passar um tempo, sugiro fazer como fizemos, alugue um AirBnb para dar uma olhada pessoalmente em outros lugares, pela internet achei que não tinha tanta oferta assim. Melhor falar ‘tete-a-tete’. Tem um vídeo aqui mostrando como é o apartamento. 😉

 

5. Capital Cultural e Espiritual da Tailândia

Como disse lá no tópico 3 sobre ter gente de todos os lugares do mundo, o fato de Chiang Mai tb ser a capital espiritual da Tailândia colabora com a diversidade que vemos aqui. São mais de 300 templos na cidade, onde você pode trocar ideia com os monges, alugar uma scooter e subir a montanha para visitar um templo que tem lá em cima com uma vista maravilhosa da cidade. Ou simplesmente se perder olhando os detalhes das centenas de templos no meio da cidade.

É uma oportunidade também de aprender mais sobre o Budismo e viver num lugar onde mais de 90% da população é budista. Está sendo uma experiência e tanto para mim. Além disso, pensem numa cidade que tem feiras TODOS OS DIAS! Feirinhas de comida, artesanato, roupas, souvenirs, decoração, tem de tudo que você imaginar. Além de vários eventos e meetings. Uma mistura de modernidade, inovação, tecnologia, conhecimento, com um ar de cidade de interior, sem aquele buzz de Bagkok. Eu simplesmente AMO essa parte de morar em Chiang Mai! <3

Algumas fotos para ilustrar um pouquinho do ‘clima’ daqui:


6. A terra do Sorriso! 

A Tailândia é conhecida por ser a terra do sorriso! E comprovo que isso não é um boato, é fato. As pessoas aqui são super do bem! É fácil a gente fazer amigos por aqui, mesmo sem saber falar a língua deles. Eles sempre estão prontos a te ajudar ou a te dar um sorriso ao cruzar contigo na rua. Não tem tempo ruim com os tailandeses não. E o quanto eles acham bom quando você agradece na língua deles? Kapunkáááá (assim mesmo, com o áááá puxado) e um sorrisão se abre na hora. São uns fofos! Morar em Chiang Mai e conviver com os tailandeses é uma diversão.

 

7. Segurança:

A Tailândia é um país super seguro. Esse foi um dos pontos que pesquisamos muito antes de sair da Europa. Nunca vi nem ouvi falar de histórias que envolviam armas ou mortes. A realidade é que para quem sai do Brasil, é difícil achar um lugar que seja considerado mais perigoso, né? Infelizmente… =( Aqui em Chiang Mai nós já ficamos trabalhando no CAMP até de madrugada, voltamos a pé para casa e nem medo deu. Eu já fiquei sabendo de pequenos furtos, mas em Bagkok e nas praias, onde tem muito turista. Em Chiang Mai, posso afirmar que é muito tranquilo o ir e vir com segurança.

 

8. Clima!

Estamos por aqui no inverno deles, mas o clima é muito parecido com o Brasil. Experimentamos um pouquinho do inverno europeu no ano passado e esse também foi um dos motivos para sairmos da Inglaterra. O clima aqui é bem ameno, apesar de fazer muito calor no verão, as temperaturas chegam a bater mais de 40 graus. Por isso mesmo, todo lugar tem ar condicionado, que não é um artigo de luxo. Hehehe

 

Bom, esses foram os meus motivos para termos escolhido Chiang Mai como cidade para morar por um tempo. Aqui, temos condições de pensar e produzir com muito mais qualidade de vida do que numa cidade no interior da Inglaterra.

E você? Já veio a Chiang Mai ou conhece a Tailândia? Concorda ou discorda comigo? Tem algo para dizer e colaborar com esse post? Deixa aí nos comentários que eu te respondo! Um beijo e até a próxima! 😉

Facebook Comments

Join the discussion 2 Comments

Você tem uma opinião?